Qual é o segredo do sucesso de Stranger Things?

Por que Stranger Things fez tanto sucesso em tão pouco tempo?

A resposta não é simples: por um lado, a ficção científica está em alta graças a filmes como Star Wars, Star Trek, Jurassic World e afins, por outro, já fazia tempos que não víamos uma história de suspense tão bizarra como em Arquivo X e The Twilight Zone. Também temos que lembrar que trilha sonora dos anos 80 está na moda desde Guardiões da Galáxia – outra obra de arte que apresenta um cenário incomum, mas conduz o espectador através da boa música e do carisma do elenco. E as referências! Referências para todo o lado!

starnger-things-criancas

Mas de todos os subterfúgios de Stranger Things, eu apostaria na estrutura do enredo como o principal fator. A série tem três focos narrativos: as crianças, os adolescentes e os adultos. O que isso quer dizer, além da representação de todas as idades? As crianças são motivadas pela amizade do início ao fim – tanto pelo amigo desaparecido quanto pela nova amiga sob constante ameaça. Os adolescentes – além da formação óbvia de dois rapazes e uma garota, como em Harry Potter, Crepúsculo etc, já de praxe – focam no amor – e na puberdade. Os adultos arriscam suas vidas pela família – a mãe em busca do filho e o xerife disposto a se sacrificar para que ninguém passe pelo o que ele já passou.

E assim, com três focos narrativos, eles explicam – quase – toda a estranheza do enredo através de óticas diferentes e conduzem e conectam a narrativa com as três temáticas mais clichês da humanidade: amizade, amor e família. Não importa a sua idade, você vai se identificar com algum personagem. Não importa em qual clima você assista Stranger Things, seja para zoar com os amigos, seja de mãos dadas com o seu amor, seja para relaxar após um longo expediente, você vai se conectar com a trama e com os conflitos da série.

 

Ainda assim, como foi dito, o segredo do sucesso não pode se resumir a um único fator. Um livro poderia ser escrito a respeito de todos os truques que tornaram Stranger Things um fenômeno tão voraz. Se quiser estender esse papo, recomendo o podcast The Epic 80s sobre a série. Aqui, o pessoal realmente destrinchou o enredo, as referências, o elenco, a Winona Ryder – show de atuação ou chata para cacete? – e expôs mais das artimanhas da série. Vale muito a pena.

De quebra, aproveita e confere as camisetas do clube de rádio aqui e do time do colégio Hawkins High aqui. São bem mais legais do que uma blusa só com a logo da série e você ainda aproveita e vê quantos dos seus amigos vão entender a referência.

Fica a dica. 😉